quarta-feira, 10 de junho de 2009

Palavras Cantadas

Adoro te devote, latens Deitas,

Quæ sub his figuris vere latitas;

Tibi se cor meum totum subjicit,

Quia te contemplans totum deficit.

Adoro-Te com amor, Divindade latente

Sob estas espécies deveras presente

Todo o meu coração está sujeito

Em tua contemplação desfeito

São Tomás de Aquino
Século XIII

2 comentários:

helentry disse...

Linda iluminura e poema!

Voltei mais para dizer que sou seguidora do seu blog.

O Bibliotecário disse...

"Seguidora"?!!!!

Não sei se mereço tanto!... Em todo caso, lisonjeadíssimo.