sexta-feira, 8 de junho de 2007


Quando se gosta da vida, gosta-se do passado, porque ele é o presente tal como sobreviveu na memória humana.


Marguerite Yourcenar

Um comentário:

flordelys disse...

A imagem ficou perfeitamente adequada ao pensamento.Foi uma esolha sua? Parabéns!
Belíssimo pensamente! Esta escritora , pareceu-me de uma sabedoria sem par!