quarta-feira, 13 de junho de 2007

Um só poeta em pessoas três

Se as coisas são estilhaços,
Do saber do universo.
Seja eu os meus pedaços
Impreciso e diverso.
Eles foram e não foram.

Álvaro de Campos, Ricardo Reis e Alberto Caeiro.

2 comentários:

Lions Clube Cabo Frio disse...

Não li as postagens de abril, portanto não sei se vc analisou a obra de Fernando Pessoa e de seus alter-egos. Ficou faltando.
Pergunta capciosa, mas sem querer invadir sua privacidade: = Que perfil é este? Vc é uma pessoa erudita e inteligente, por que não se dar a conhecer?
Esquece, já invadi, não é? Desculpe.

O Bibliotecário disse...

Não do que se desculpar, pode invadir a vontade, sinta-se como se estivesse na biblioteca da sua casa!