sábado, 14 de abril de 2007

Duas épocas, um só texto


"Era o melhor dos tempos, era o pior dos tempos, era a idade da sabedoria, era a idade da insensatez, era a época da crença era a época da incredulidade, era a estação da Luz, era a estação das Trevas, era a primavera da Esperança, era o inverno do Desespero, tínhamos tudo diante de nós, nada tínhamos à nossa frente, estávamos indo direto para o Céu, marchávamos direto na direção oposta"


Charles Dickens - Um conto de duas cidades.

(198 anos, sendo lido e relido)

Um comentário:

A Mente da Mulher disse...

Mesmo tendo sido escrito há quase 200 anos, parece que foi escrito para o mundo em que vivemos hoje...