sábado, 14 de abril de 2007

Era só o que faltava!!!

Sabem aqueles programas, inventados por americanos, que costumam "pimpar" os carros alheios, o "Pimp My Ride Car", que a MTV popularizou mundo a fora, e que o Luciano-marido da Angélica-Huck fez uma versão global? Sabem? Então.
Agora os americanos procuraram inovar e criaram o "Pimp My Bookcart"!!!
Segundo o Dicionário Oxford - que eu tenho aqui na biblioteca - "Pimp" tem dois significados: vulgarizar e enfeitar. A palavra não poderia ser mais adequada, e nesse caso os dois significados se complementam. Bookcart, para quem não sabe, são carrinhos que os bibliotecários costumam usar para facilitar o transporte dos livros. Eles não são muito comuns por aqui. Mais incomum, porém, são os bookcarts pimados, que não tem nada a ver com tunados...
Em outras línguas, o termo "pimp" tem significados aproximados, mas que não definem os fatos, e fotos, tão bem quanto a palavra inglesa. Por exemplo, em espanhol, "pimpante" significa vistoso, radiante; em francês seria algo como glamouroso, duas definições que absolutamente não se enquadram aqui...
Mas, como o povo americano sofre de uma carência de senso estético, e senso do ridículo, a moda pegou, e bibliotecários de todos os cantos da América pimparam seus bookcarts...
O resultado, como vocês podem constatar, é esse desfile de bookcarts alegóricos em estilo pimp-retrô-uhu-punk-glamouroso!
Tenham um bom dia!

Um comentário:

A Mente da Mulher disse...

Adoro ver TV. Detesto o programa do Huck, se está lá, não quero ver. Preconceito? Não. Já perdi algumas horas de sábado assistindo aquele do esporte que nunca vi ninguém ganhar.

Dúvida: o bookcart é o equivalente à mesa de trabalho do bibliotecário? Se for, só resta dizer que gosto não se discute...